MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

Debate de “A Porta ao Lado” discute amor, traição e relacionamentos

“Impossível pensar o amor sem o sexo” ressalta a diretora de cinema, Julia Rezende, sobre “A Porta ao Lado”, filme que traz à Gramado nesta edição de 50 anos. E vai além: “o filme partiu de um questionamento do que é traição”, onde se discute o que fazer com o desejo com um ponto de partida. Tudo o que se vê no filme foi feito com muita delicadeza e levando em conta também que falar sobre o tema pode parecer uma coisa fútil, mas rebate a diretora, “as relações ocupam um lugar muito fundamental na vida da gente”.

O elenco enfatizou o período de filmagens (2020) que foi dividido em duas etapas em função da pandemia de convid, onde além dos critérios de segurança, os atores e atrizes tiveram um processo imersão, cada um à sua maneira, onde o convívio com a solidão, indagações  foram uma constante.

 

Ministério do Turismo e Claro apresentam o 50° Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio Master: Laghetto Golden Multipropriedades. Patrocínio: Tônica Antarctica. Copatrocínio: TCL, Vero – A maquininha do Banrisul. Apoio: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Stemac Grupos Geradores, Da Magrinha, O2 Pós, Naymovie, Miolo Wine Group, Prawer Chocolates, Johnnie Walker e Tanqueray e Cristais de Gramado. Cia Aérea oficial: Azul Linhas Aéreas. Transporte Oficial: Kia. Hospedagem oficial: Laghetto Hotéis. Exibidor oficial: Canal Brasil. Exibidor regional: TVE. Apoio institucional: Museu do Festival de Cinema de Gramado, ACCIRS, APTC/ABD-RS, Fundacine, SIAV RS. Agente cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura Municipal de Gramado. Financiamento: IECINE, Pró-Cultura/RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo.