MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

Vinte curtas gaúchos trazem diversidade às sessões vespertinas do festival

Começa na tarde deste sábado (18) a mostra de curtas gaúchos no 46º Festival de Cinema de Gramado. Ao longo do final de semana, 20 filmes serão projetados em duas maratonas nas tardes de sábado e domingo, ambas com entrada franca.  A premiação, com entrega do troféu Assembleia Legislativa, ocorre no domingo de noite.

A comissão de seleção destaca o “espírito do tempo” contido nas produções. “É flagrante a quantidade e a qualidade dos filmes de realizadoras mulheres, ou de temática de gênero”, comemoram. Como forma de reconhecimento ao talento feminino, a comissão decidiu colocar duas produções dirigidas por mulheres e que abordam a temática feminista na abertura e no fechamento da mostra – respectivamente “Um corpo feminino”, de Thaís Fernandes (hoje) e “Mulher Ltda.”, de Taísa Ennes (domingo).

Mas o panorama é muito mais amplo, salienta o grupo – formado por Denise Marchi, Pamela Hauber, Juliana Costa, Rogério Rodrigues e Vicente Romano. Nas produções, aparecem “temáticas políticas, sociais e individuais” retratados tanto pela ficção como pelo documentário ou ainda pelos traços da animação. “Exibidos lado a lado, os filmes revelam inquietações éticas, estéticas e políticas da contemporaneidade”, comemora a comissão.

Houve a preocupação em ampliar espaço para produções de fora de Porto Alegre, com obras vindas de Encantado, Sapucaia do Sul, São Leopoldo, Santa Maria, Pelotas e Caxias, formando um “expressivo retrato da produção gaúcha realizada no último ano”, completam os responsáveis pela seleção.

Sessão nº 1 (sábado)
“Um corpo feminino”, de Thaís Fernandes
“Entre sós”, de Caetano Salerno
“Maças em fogo”, de Bruno de Oliveira
“O comedor de sementes”, de Victoria Farina
“Abismo”, de Lucas Reis
“Movimento à margem”, de Lícia Arosteguy
“Subtexto”, de Cristian Beltrán
“Vinil”, de Catherine Silveira de Vargas e Valentina Peroni Freire Barata
“Sem abrigo”, de Leonardo Remor
“Grito”, de Luiz Alberto Cassol
“À Sombra”, de Felipe Iesbick

Sessão nº 2 (domingo)
“Fè Mye Talè”, de Henrique Both Lahude
“Gasparotto”, de Zeca Brito e Paula Ramos
“O Viúvo”, de Luiz Carlos Wolf Chemale
“Coágulo”, de Jéssica Gonzatto
“Pelos velhos tempos”, de Ulisses da Motta
“Nós Montanha”, de Gabriel Motta
“A formidável fabriqueta de sonhos menina Betina”, de Tiago Ribeiro
“Antes do lembrar”, de Luciana Mazeto e Vinícius Lopes
“Mulher Ltda.”, de Taísa Ennes

Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e Snowland apresentam o 46º Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio: Stella Artois e Casa Aveiro By Dolores. Apoio especial: Gramado Parks. Apoio: Stemac Grupos Geradores, Lugano, Cristais de Gramado, Viviela London, G2 Net Sul e ENIT – Agência Nacional de Turismo da Itália. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC/ABD RS, SIAV e Museu do Festival de Cinema de Gramado. Agência Oficial: Vento Sul Turismo. Transporte Oficial: Kia. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Governo Federal.