MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

2019

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: “Pacarrete”, de Allan Deberton
Melhor Direção: Allan Deberton, “Pacarrete”
Melhor Ator: Paulo Miklos, em “O Homem Cordial”
Melhor Atriz: Marcélia Cartaxo, em “Pacarrete”
Melhor Roteiro: Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro, por “Pacarrete”
Melhor Fotografia: Edu Rabin, por “Raia 4”
Melhor Montagem: Joana Collier e Fernanda Krumel, por “Hebe”
Melhor Trilha Musical: Sascha Kratzer, por “O Homem Cordial”
Melhor Direção de Arte: Tulé Peake, por “Veneza”
Melhor Atriz Coadjuvante: Carol Castro, em “Veneza” e Soia Lira, em “Pacarrete”
Melhor Ator Coadjuvante: João Miguel, em “Pacarrete”
Melhor Desenho de Som: Rodrigo Ferrante e Cauê Custódio, por “Pacarrete”
Prêmio especial do Júri: “30 Anos Blues”
Melhor filme do Júri Popular: “Pacarrete”, de Allan Deberton

 

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS

Melhor Filme: “El Despertar de Las Hormigas”, de Antonella Sudasassi Furnis
Melhor Direção: Juan Cáceres, por “Perro Bomba”
Melhor Ator: Fernando Echalar, em “Muralla”
Melhor Atriz: Julieta Díaz, “La forma de las horas”
Melhor Roteiro: Bernardo e Rafael Antonaccio, por “En el Pozo”
Melhor Fotografia: Rafael Antonaccio, por “En el Pozo”
Prêmio especial do júri: Para as meninas Isabella Moscoso e Avril Alpizar do filme “El despertar de las hormigas’, por suas excelentes atuações.
Menção Honrosa: para a direção de arte de “Dos Fridas”
Melhor filme Júri Popular: “Perro Bomba”, de Juan Cáceres

 

LONGAS-METRAGENS GAÚCHOS

Melhor filme: Raia 4, de Emiliano Cunha

 

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: “Apneia”, de Carol Sakura e Walkir Fernandes
Melhor Direção: Diogo Leite, por “O Menino Pássaro”
Melhor Ator: Rômulo Braga, em “Marie”
Melhor Atriz: Cassia Damasceno, em “A Mulher que Sou”
Melhor Roteiro: Renata Diniz, por “O Véu de Amani”
Melhor Fotografia: Sebastian Cantillo, por “A Ética das Hienas”
Melhor Montagem: Daniel Sena e Thiago Foresti, por “Invasão Espacial”
Melhor Trilha Musical: Carlos Gomes, em “Teoria Sobre Um Planeta Estranho”
Melhor Direção de Arte: Gutor BR, por “Sangro”
Melhor Desenho de Som: Gustavo Soesi, “Um Tempo Só”
Prêmio especial do júri: Para as atrizes Divina Valéria e Wallie Ruy, em “Marie”, por nos permitirem vivenciar deslocamentos corporais inesperados e por imaginarem um futuro travesti num país que mais mata trans no mundo.
Melhor Filme Júri Popular: “Teoria Sobre Um Planeta Estranho”, de Marco Antônio Pereira
Menção Honrosa: A Ester Amanda Schafe, de “A Pedra”, pela vigorosa interpretação e pelo talento promissor que revela.

 

CURTAS-METRAGENS GAÚCHOS

Melhor filme: “Só sei que foi assim”, de Giovanna Muzel
Melhor ator: Clemente Viscaíno em “É assim que você parece”
Melhor atriz: Janaina Kremer em “Sonata”
Melhor direção: Boca Migotto pelo filme “Dia de Mudança”
Melhor roteiro: Juh Balhego por “Quero ir para Los Angeles”
Melhor fotografia: Pedro Clezar no filme “Dia de Mudança”
Melhor montagem: Lucas Reis no filme “Who’s that man inside my house?”
Melhor direção de arte: Thai Ribeiro no filme “Who’s that man inside my house
Melhor música (trilha sonora): Antonia Garai (Kerexu Jera Poty) em “Kerexu”
Melhor edição de som: Marcos Lopes e Tiago Bello do filme “Endotermia”
Melhor produção executiva: Daniela Israel, Juh Balhergo e Ulisses da Motta do filme “Quero ir para Los Angeles”

 

PRÊMIOS DA CRÍTICA

Melhor filme em longa-metragem brasileiro: “Raia 4”, de Emiliano Cunha
Melhor filme em longa-metragem estrangeiro: “El Despertar de Las Hormigas”, de Antonella Furnis
Melhor filme em curta-metragem brasileiro: “Marie”, de Leo Tabosa
Melhor filme em curta-metragem gaúcho: “Só sei que foi assim”, de Giovanna Muzel
Prêmio Aquisição Canal Brasil: “Marie”, de Leo Tabosa