MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

2016

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: “Barata Ribeiro, 716”, de Domingos Oliveira

Melhor Direção: Domingos Oliveira, por “Barata Ribeiro, 716”

Melhor Atriz: Andréia Horta, por “Elis”

Melhor Ator: Paulo Tiefenthaler, por “O Roubo da Taça”

Melhor Atriz Coadjuvante: Glauce Guima, por “Barata Ribeiro, 716”

Melhor Ator Coadjuvante: Bruno Kott, por “El Mate”

Melhor Roteiro: Lucas Silvestre e Caíto Ortiz, por “O Roubo da Taça”

Melhor Fotografia: Ralph Strelow, por “O Roubo da Taça”

Melhor Montagem: Tiago Feliciano, por “Elis”

Melhor Trilha Musical: Domingos Oliveira, por “Barata Ribeiro, 716”

Melhor Direção de Arte: Fábio Goldfarb, por “O Roubo da Taça”

Melhor Desenho de Som: Daniel Turini, Fernando Henna, Armando Torres Jr. e Fernando Oliver, por “O Silêncio do Céu”

Melhor Filme – Júri Popular: “Elis”, de Hugo Prata

Melhor Filme – Júri da Crítica: “O Silêncio do Céu”, de Marco Dutra

Prêmio Especial do Júri: “O Silêncio do Céu”, pelo domínio da construção narrativa e da linguagem cinematográfica

 

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS

Melhor Filme: “Guaraní”, de Luis Zorraquín

Melhor Direção: Fernando Lavanderos, por “Sin Norte”

Melhor Atriz: Verónica Perrotta, por “Las Toninas Van al Este”

Melhor Ator: Emilio Barreto, por “Guaraní”

Melhor Roteiro: Luis Zorraquín e Simón Franco, por “Guaraní”

Melhor Fotografia: Andrés Garcés, por “Sin Norte”

Melhor Filme – Júri Popular: “Esteros”, de Papu Curotto

Melhor Filme – Júri da Crítica: “Sin Norte”, de Fernando Lavanderos

Prêmio Especial do Júri: “Esteros”, pela direção delicada e inteligente da história de amor dos atores mirins.

 

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: “Rosinha”, de Gui Campos

Melhor Direção: Felipe Saleme, por “Aqueles Cinco Segundos”

Melhor Atriz: Luciana Paes, por “Aqueles Cinco Segundos”

Melhor Ator: Allan Souza Lima, por “O Que Teria Acontecido ou Não Naquela Calma e Misteriosa Tarde de Domingo no Jardim Zoológico”

Melhor Roteiro: Gui Campos, por “Rosinha”

Melhor Fotografia: Bruno Polidoro, por “Horas”

Melhor Montagem: André Francioli, por “Memória da Pedra”

Melhor Trilha Musical: Kito Siqueira, por “Super Oldboy”

Melhor Direção de Arte: Camila Vieira, por “Deusa”

Melhor Desenho de Som: Jeferson Mandú, por “O Ex-Mágico”

Melhor Filme – Júri Popular: “Super Oldboy”, de Eliane Coster

Melhor Filme – Júri da Crítica: “Lúcida”, de Fabio Rodrigo e Caroline Neves

Prêmio Especial do Júri: Elke Maravilha (“Super Oldboy”) e Maria Alice Vergueiro (“Rosinha”), pela contribuição artística de ambas

Prêmio Aquisição Canal Brasil: “Rosinha”, de Gui Campos

 

CURTA-METRAGEM GAÚCHO (PRÊMIO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA)

Melhor Filme: “Lipe, Vovô e o Monstro”, de Felippe Steffens e Carlos Mateus

Melhor Direção: Gabriela Lamas, por “Sesmaria”

Melhor Atriz: Sandra Dani, por “Dia dos Namorados”

Melhor Ator: João Carlos Castanha, por “Inatingível”

Melhor Roteiro: Roberto Burd, por “Dia dos Namorados”

Melhor Fotografia: Bruno Polidoro, por “Horas”

Melhor Montagem: Roberto Burd, por “Dia dos Namorados”

Melhor Edição de Som: Lucas Sá, por “Sesmaria”

Melhor Direção de Arte: Bruno Selig, por “Lipe, Vovô e o Monstro”

Melhor Música: Caio Amon, por “Vento”

Melhor Produtor/ Produtor Executivo: Alessandro Montelli, por “Pobre Preto Puto”

Troféu RBS TV – Melhor Filme (Prêmio Aquisição): “Vida Como Rizoma”, de Lisi Kieling

Troféu RBS TV – Melhor Roteiro: Germano de Oliveira e André Araujo por “Objetos”

Troféu RBS TV – Melhor Direção: Gabriela Lamas, por “Sesmaria”

Troféu RBS TV – Melhor Atriz: Duda Meneghetti, por “Escape”

Troféu RBS TV – Melhor Ator: Thiago Prade, por “Escape”

Prêmio da Crítica – Melhor Filme: “Sesmaria”, de Gabriela Lamas