MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

2006

LONGA METRAGEM BRASILEIRO

Prêmio Especial do Júri: “Pro Dia Nascer Feliz”, de João Jardim

Melhor Música: Dado Villalobos, por “Pro Dia Nascer Feliz”

Melhor Direção de Arte: Oswaldo Eduardo Lioi, por “Sonhos e Desejos”

Melhor Ator Coadjuvante: Otávio Augusto, por “Anjos do Sol”

Melhor Atriz Coadjuvante: Mary Sheyla, por “Anjos do Sol”

Melhor Fotografia: Aloysio Raulino, Alziro Barbosa, Fernando Coster, por “Serras da Desordem”

Melhor Roteiro: Rudi Lagemann, por “Anjos do Sol”

Melhor Atriz: Mel Lisboa, por “Sonhos e Desejos”

Melhor Filme Júri Popular: “Pro Dia Nascer Feliz”, de João Jardim

Melhor Ator: Antônio Caloni, por “Anjos do Sol”

Melhor Diretor: Andrea Tonacci, por “Serras da Desordem”

Melhor Filme: “Serras da Desordem” e “Anjos do Sol”

LONGA METRAGEM LATINO

Prêmio Especial do Júri: “Mezcal”

Melhor Roteiro: Francisco Vargas Quevedo, por “El Violin”

Melhor Atriz: Eva Bianc, Mara Santucho e Maria Pessacq, por “Cuatro Mujeres Descalzas”

Melhor Filme (Júri Popular): “El Violin”

Melhor Ator: Don Angel Tavira, por “El Violin”

Melhor Diretor: Ignacio Ortiz Cruz, por “Mezcal”

Melhor Filme: “El Violin”

 

CURTA-METRAGEM BRASILEIRO

Melhor Filme Curta 35mm: “Alguma Coisa Assim”, de Esmir Filho

Prêmio Especial do Júri – Fotografia Montagem e Som:” No Princípio Era o Verbo”

Aquisição Canal Brasil: “No Princípio Era o Verbo”

Melhor Roteiro: Virgínia Jorge, por “No Princípio Era o Verbo”

Melhor Ator: Paulo Vespúcio, por “Fúria”

Melhor Atriz: Caroline Abras, por “Alguma Coisa Assim”

Júri Popular: “Manual Para Atropelar Cachorro”

Melhor Diretor: Esmir Filho, por “Alguma Coisa Assim”