MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

2001

LONGA-METRAGEM LATINO

Melhor Filme: “Um Amor de Borges”, de Javier Torre

Júri Popular: “Yoyes”, de Helena Taberna

Prêmio da Crítica: “Um Amor de Borges”, de Javier Torre

 

LONGA-METRAGEM BRASILEIRO

Melhor Filme: “Memórias Póstumas”, por André Klotzel

Melhor Diretor: André Klotzel, por “Memórias Póstumas”

Melhor Roteiro: André Klotzel, por “Memórias Póstumas”

Melhor Atriz: Isabel Guerón, por “Bufo & Spallanzani”

Melhor Ator: Tony Ramos, por “Bufo & Spallanzani”

Melhor Fotografia: Jaques Cheuiche por “Urbania” de Flávio Frederico

Melhor Montagem: Ligia Walper, por “Netto Perde Sua Alma”

Melhor Música: Celau Moreira, por “Netto Perde Sua Alma”

Melhor Direção de Arte: Gualter Pupo, Filho “Bufo & Spallanzani”

Melhor Atriz Coadjuvante: Sônia Braga, por “Memórias Póstumas”

Melhor Ator Coadjuvante: Juca de Oliveira, por “Bufo & Spallanzani”

Prêmio Especial do Juri: produção de “Netto Perde Sua Alma”

Prêmio Especial Honorífico para Ator: Jean Pierre Noher, por “Um Amor de Borges”

Melhor Filme Júri Popular: “Netto perde sua alma”

Prêmio da Crítica: “Memórias Póstumas”, de André Klotzel

 

CURTA-METRAGEM 35MM

Melhor Filme: “Palíndromo”, de Philipe Barcinski

Melhor Diretor: Philipe Barcinski, por “Palíndromo”

Melhor Roteiro: Denílson Félix e René Sampaio, por de “Sinistro”

Melhor Atriz: Débora Falabella, por “Françoise”

Melhor Ator: Reinaldo Gonzaga, por “Negócio Fechado”

Melhor Fotografia: Charles Cesconetto, por “Roda dos Expostos”

Melhor Montagem: Raimo Benedetti, por “Palíndromo”

Melhor Música: Grupo Cabruera, por “A Canga”

Melhor Direção de Arte: José Roberto Furquin, de “Sinistro”

Prêmio Especial do Juri: “Coruja”, de Márcia Derraik e Simplício Neto

Prêmio da Crítica: “Palíndromo”, de Philipe Barcinski

 

CURTA-METRAGEM 16 MM

Melhor Filme: “Macabéia”, de Erly vieira Jr., Lisandro Nunes e Virgínia Jorge

Melhor Diretor: Cássio Tolpolar, por “Vênus”

Melhor Roteiro: Erly Vieira Jr., por “Macabéia”

Melhor Atriz: Janine Corrêa, por “Macabéia”

Melhor Ator: Júlio Andrade, por “Final”

Menção Especial do Juri: “O Tamanho Que Não Cai Bem”, de Tadao Miaqui, e “Vídeo Sobre Tela”, de Marcos De Brito

Menção Especial pela fotografia: Santiago Harte, por “Ari Okãta Haka – Aqui é Assim”

 

CURTAS GAÚCHOS

Melhor Filme: “O Tamanho Que Não Cai Bem”, de Tadao Miaqui

Prêmio Banrisul Especial do Juri: “O Sanduíche”, de Jorge Furtado

Prêmio Prawer APTC: técnico e desenhista de som Cristiano Scherer.

Cineasta Estreante: “Intestino Grosso” de Augusto Canani, e “Club”, de Cristiano Zanella e Grégos de Oliveira.