MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

1993

Melhor Filme: “Um Lugar no Mundo”, de Adolfo Aristarain

Melhor Diretor: Eliseo Subiela, “O Lado Escuro do Coração”

Prêmio Especial do Júri: “Sedução – Belle Époque”

Melhor Ator: Dario Grandinetti, por “O Lado Escuro do Coração”

Melhor Atriz: Lumi Cavazos, por “Como Água Para Chocolate”

Melhor Ator Coadjuvante: Fernando Fernán Gomes, por “Sedução – Belle Époque”

Melhor Atriz Coadjuvante: Claudette Maile, por “Como Água Para Chocolate”

Melhor Fotografia: Lívio Salgado, por “O Século das Luzes”

Melhor Roteiro: Rafale Ascona, por “Sedução – Belle Époque”

Melhor Música: Osvaldo Montes, por “O Lado Escuro do Coração”

Melhor Direção de Arte: Miguel Mediavilla, por “O Século das Luzes”

Melhor Montagem: Catherine Renauld, por “La Crise”

Melhor Curta-Metragem Nacional: “Batiman e Robim”, de Ivo Branco

Melhor Diretor de Curta Metragem: Monique Gardenberg, por “Diário Noturno”

Melhor Roteiro de Curta-Metragem: Sérgio Silva e Gustavo Hernandez, por “O Zeppelin Passou Por Aqui”

Melhor Ator de Curta-Metragem: Marco Ricca e André Barros, por “Batiman e Robim”

Melhor Atriz de Curta-Metragem: Marieta Severo, por “Diário Noturno”

Melhor Fotografia de Curta-Metragem: Pedro Farkas, por “Diário Noturno”

Melhor Edição/Montagem de Curta-Metragem: Isabelle Ratery, por “Diário Noturno”

Melhor Música de Curta-Metragem: Zé Rodrix, por “Batiman e Robim”

Melhor Som de Curta-Metragem: “Jó”, de Beto Brant e Ralph Strelow

Melhor Curta-Metragem Gaúcho: “O Zeppelin Passou Por Aqui”, de Sérgio Silva

Melhor Diretor de Curta-Metragem Gaúcho: Sérgio Silva

Melhor Roteiro de Curta-Metragem Gaúcho: Otto Guerra e Adalgisa Luz, por “Novela”

Melhor Fotografia de Curta-Metragem Gaúcho: Norberto Lubisco, por “Presságio”

Melhor Montagem de Curta-Metragem Gaúcho: Beto Souza e Giba Assis Brasil, por “A Morte no Edifício Império”

Prêmio Especial do Júri: “Novela” Melhor Curta 16 mm: “Os Calangos do Boiaçu”, de Ricardo Dias

Melhor Diretor Curta 16mm: Eduardo Vaisman, por “Apartamento 601?

Melhor Atriz Curta 16 mm: Nadia Bambirra, por “Apartamento 601?

Melhor Montagem Curta 16 mm: Vera Freire, por “Amigo Lupi”

Prêmio Especial do Júri: “O Cão Louco Mário Pedrosa”, de Roberto Moreira