MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

1992

Melhor Filme: “Técnicas de Duelo”, de Sergio Cabrera

Prêmio da Crítica: “Técnicas de Duelo”, de Sergio Cabrera

Melhor Diretor: Pedro Almodóvar, por “Tacones Lejanos”

Menção Especial: “La Frontera”, de Ricardo Larrain

Prêmio Especial do Júri: “Conterrâneos Velhos de Guerra”, de Vladimir Carvalho

Melhor Ator: Frederico Luppi, por “Mi Querido Tom Mix”

Melhor Atriz: Marisa Paredes, por “Tacones Lejanos”

Melhor Fotografia: Felix Monti, por “El Viaje”

Melhor Roteiro: David Suárez, por “Disparen a Matar”

Melhor Trilha Sonora Original: “Ryuichi Sakamoto”, por Tacones Lejanos”

Melhor Montagem: Sergio Curiel, por “Disparen a Matar”

Melhor Curta-Metragem Nacional: “PR Kadeia”, de Eduardo Caron

Prêmio Especial do Júri: “Squich”, de Flávio Del Carlo

Melhor Diretor de Curta Metragem: Eduardo Caron, por “PR Kadeia”

Melhor Roteiro de Curta-Metragem: Maurício Farias, por “O Bilhete Premiado”

Melhor Ator de Curta-Metragem: Elias Andreatto, por “Faça Você Mesmo”

Melhor Atriz de Curta-Metragem: Marisa Orth, por “O Bilhete Premiado”

Melhor Fotografia de Curta-Metragem: Peter Lorenzo, por “Desterro”

Melhor Edição/Montagem de Curta-Metragem: Michale Ruman, por “PR Kadeia”

Melhor Som de Curta-Metragem: “PR Kadeia”

Melhor Música de Curta-Metragem: André Abujamra, por “As Rosas Não Calam”

Melhor Curta 16 mm: “Zero a Zero”, de João Emanoel Carneiro

Melhor Direção Curta 16 mm: Pablo Torres Lacal, por “Gostosa”

Melhor Média 16 mm: “A Cidade e o Corpo”, de Chico Botelho

Melhor Diretor Média 16 mm: Denoy de Oliveira, por “Que Filme Tu Vais Fazer?”

Melhor Curta Gaúcho 16 mm: “Batalha Naval”, de Liliana Sulzbach

Melhor Diretor Curta Gaúcho 16mm: Liliana Sulzbach, por “Batalha Naval”

Melhor Roteiro de Curta Gaúcho 16 mm: Liliana Sulzbach e Marcelo Carneiro, por “Batalha Naval”

Melhor Montagem de Curta 16 mm: Giba Assis Brasil