MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

1987

Melhor Filme: “Anjos do Arrabalde”, de Carlos Reichenbach

Melhor Diretor: Wilson Barros, por “Anjos da Noite”

Melhor Ator: Wilson Grey, por “Dança dos Bonecos”, de Helvécio Ratton

Melhor Atriz: Betty Faria, por “Anjos do Arrabalde”, e Marília Pera, por “Anjos da Noite”, de Wilson Barros

Melhor Ator Coadjuvante: Guilherme Leme, por “Anjos da Noite”

Melhor Atriz Coadjuvante: Vanessa Alves, por “Anjos do Arrabalde”

Melhor Filme Júri Popular: “Dança dos Bonecos”, de Helvécio Ratton

Prêmio Especial do Júri Oficial: “Dança dos Bonecos”, de Helvécio Ratton

Melhor Filme da Crítica: “Anjos da Noite”, de Wilson Barros

Melhor Fotografia: José Roberto Eliezer, por “Anjos da Noite”

Melhor Roteiro: Mário Prata e Francisco Ramalho Júnior, por “Besame Mucho”

Melhor Trilha Musical Original: Antônio Carlos Jobim, por “Fonte da Saudade”

Melhor Trilha Musical Adaptada: Rogério Sganzerla, por “Nem Tudo é Verdade”

Melhor Som: John Howard, por “Fonte da Saudade”

Melhor Figurino: Domingos Fuschini, por “Besame Mucho”

Melhor Cenografia: Cristiano Amaral, por “Anjos da Noite”

Melhor Montagem: Severino Dadá e Denise Fontoura, por “Nem Tudo é Verdade”

Melhor Curta-Metragem Nacional: “Uakti – Oficina Instrumental”, de Rafael Conde

Melhor Curta do Júri Popular: “Frankenstein Punk”, de Eliana Fonseca e Cao Hamburguer

Melhor Direção de Curta-Metragem: Rodolfo Brandão, por “Garganta”

Melhor Ator de Curta-Metragem: Zeno Ribeiro, por “Viva a Morte”

Melhor Atriz de Curta-Metragem: Andréa Beltrão, por “Garganta”, e Adriana Rattes, por “Um Dia… Maria”

Melhor Roteiro de Curta-Metragem: Rodolfo Brandão, por “Garganta”

Melhor Fotografia de Curta-Metragem: Marcelo Durst, por “Frankenstein Punk”

Melhor Montagem de Curta-Metragem: Eduardo Leone, por “Uakti – Oficina Instrumental”

Melhor Som de Curta-Metragem: “Frankenstein Punk”

Prêmio Especial do Júri: “Treiler”, de Otto Guerra, Lancast Motta e José Maia, e “Frankenstein Punk”, de Eliana Fonseca e Cao Hamburguer

Melhor Curta-Metragem Gaúcho: “Passageiros”, de Glênio Póvoas e Carlos Gerbase

Melhor Diretor de Curta-Metragem: Omar Barros Filho, por “Viva a Morte”

Melhor Fotografia de Curta-Metragem: Christian Lesage, por “O Hemisfério da Sombra”

Melhor Montagem de Curta-Metragem: Giba Assis Brasil e Alex Sernambi, por “Passageiros”

Melhor Curta 16mm: “Mulheres da Terra”, de Marlene França

Melhor Diretor Curta 16mm: Ricardo Favilla, por “Impresso à Bala”, e Hilda Machado, por “Joilson Marcou”

Melhor Fotografia Curta 16mm: Aluysio Raulino, por “Mulheres da Terra”

Melhor Montagem Curta 16 mm: Carlos Ricci, por “Aurora”

Prêmio Especial do Júri Curta 16 mm: “A Cor da Luz”, de Mário Kupperman, e “Fibra”, de Fernando Beléns

Melhor Filme Média 16 mm: “Meninas de Um Outro Tempo”, de Maria Inês Villares

Melhor Diretor Média 16 mm: Eunice Gutman, por “A Rocinha Tem Histórias”

Melhor Fotografia Média 16 mm: Adrian Cooper, por “Meninas de Outro Tempo”

Melhor Montagem Média 16 mm: Luelena Corrêa, por “Rio de Memórias”

Menção Especial do Júri: Patrícia Monte-Mór, pela pesquisa de “Rio de Memórias”

Prêmio Especial do Júri: trilha sonora de “Rio de Memórias”

Melhor Filme em Super 8: “Jorgina Anima”, de Alceu Silveira, “O Caso Claudete”, produção coletiva da Famecos/PUC, e “Anel de Barbante”, de Rubens Coruroci