Melhor Filme: “Pra Frente Brasil”, de Roberto Farias

Melhor Diretor: Djalma Limongi Batista, por “Asa Branca – Um Sonho Brasileiro”

Melhor Ator: Walmor Chagas, por “Luz del Fuego” e “Asa Branca – Um Sonho Brasileiro”

Melhor Atriz: Lucélia Santos, por “Luz del Fuego”

Melhor Ator Coadjuvante: Felipe Falcão, por “Segredos da Múmia”

Melhor Atriz Coadjuvante: Ruthinéia de Moraes, por “Sete Dias de Agonia – O Encalhe”, Carla Camuratti, por “O Olho Mágico do Amor”, e Bianca Byington, por “Tormenta”

Melhor Fotografia: Marco Bottino, por “Ao Sul do Meu Corpo”, e Fernando Duarte, por “Luz del Fuego”

Melhor Roteiro: R.F. Luccetti, por “O Segredo da Múmia”

Melhor Trilha Sonora: Gilberto Santeiro e Júlio Medaglia, por “O Segredo da Múmia”

Melhor Montagem: Roberto Farias e Mauro Farias, por “Pra Frente, Brasil”

Melhor Cenografia: Fausto Balloni, por “Luz del Fuego”

Melhor Som: “O Sonho Não Acabou”

Prêmio Especial: Wilson Grey, por “O Segredo da Múmia”

Melhor Curta-Metragem: “Profissão Travesti”, de Olívio Tavares de Araújo

Melhor Curta-Metragem Gaúcho: “No Amor”, de Nelson Nadotti

Melhor Diretor de Curta-Metragem Gaúcho: Olívio Tavares de Araújo, por “Profissão Travesti”

Prêmios Especiais de Curtas-Metragens: “Em Cima da Terra e Embaixo do Céu”, de Walter Lima Júnior, “Só”, de Júnior Carone, “1ª Conclat”, de Adrian Cooper, e “Música Barroca Mineira”, de Arthur Omar

Patrocinadores