Melhor Filme: “Toda Nudez Será Castigada”, de Arnaldo Jabor

Melhor Ator: Carlos Kroeber, por “A Casa Assassinada”

Melhor Atriz: Darlene Glória, por “Toda Nudez Será Castigada”

Melhor Diretor: Luis Sérgio Person, por “Cassi Jones: Magnífico Sedutor”

Prêmios Especiais: Antônio Carlos Jobim pela música de “A Casa Assassinada”, e André Faria pela fotografia de “Roleta Russa”

Menção Especial: “Toda Nudez Será Castigada”, pela utilização da música de Astor Piazolla

Menção Honrosa: “O Homem do Corpo Fechado”, de Schubert Magalhães

Patrocinadores