line-toplineline-bottom

Júri – Longas-Metragens Brasileiros

Catarina Apolonio

Catarina Apolonio é natural de Recife. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Rádio e TV pela UFPE. Estudou cinema na EICTV, San Antonio de Los Baños – Cuba, onde se especializou em som. Com a Bolsa Funarte de Aperfeiçoamento Técnico e Artístico esteve em Santiago do Chile e em Buenos Aires onde participou de várias produções cinematográficas e televisivas como editora de som, foley artist e editora de foley.

É freelancer e trabalha com edição e finalização de som e imagem em toda a América Latina (cinema, rádio e TV). Também ministra oficinas de pós-produção de som para cinema e TV, oficinas de rádio e de produção audiovisual. Desde 2016 é servidora pública federal, tendo atuado na UFC como Técnica de Operação e Gravação de Áudio e desde 2018 é Tecnóloga / Formação: Audiovisual e atua na Rádio Paulo Freire, emissora AM da UFPE.

Carol Castro

Iniciou sua carreira aos 9 anos no teatro, atuou em 12 novelas, como os grandes sucessos: “O profeta”, “Velho Chico” e a grande premiada e recente “Órfãos da terra”. Sua estreia no cinema foi com 16 anos no filme “O Caminho das Nuvens”. Logo depois, estrelou o filme argentino “Perigosa Obsessão”. Também esteve nos filmes “Um Suburbano Sortudo” e “O Juízo”.
Conquistou o Kikito de melhor atriz coadjuvante em 2019 com o longa “Veneza” com a personagem Madalena. Com ela, também ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante no LABRFF no mesmo ano. Atualmente está filmando a série “Maldivas” da Netflix, lançando a série de terror “Insânia” para a nova plataforma da Disney e a comédia “Dois mais dois”, que chega nos cinemas em agosto.

Fabricio Boliveira

Fabricio Boliveira estudou teatro na Ufba. No cinema protagonizou filmes importantes como “Faroeste Caboclo” (2016) , “Simonal” ( 2019) e “Breve Miragem de Sol” ( 2020). Dirigiu e atuou na performace “Dessert time” ( SP- NY -2016) e está em circulação com outras duas direções nos curtas-metragens “Antigona Pajubá” (2021) e “Funda” (2021).

Ana Paula Mendes

Ana Paula Mendes é uma produtora brasileira associada à Novelo Filmes. Começou a trabalhar como produtora de desenvolvimento em 2009 e atuou como analista de novos formatos na TV Globo. Produziu diversos curtas-metragens selecionados para festivais nacionais e internacionais, como Festival Internacional de Curtas de Oberhausen, Festival Internacional de Cinema do Rio, Festival Internacional de Cinema de Hong Kong, Inside Out, Outfest, Cinélatino Rencontres de Toulouse, Festival de Cartagena de Índias, entre outros. Produziu documentários licenciados para Al Jazeera International, History Channel Brasil e ESPN Brasil. Ana Paula Mendes é membra da UPEX (União Nacional de Produtores Executivos) e da rede Queer Producers Network. Ana é formada em Cinema e Vídeo pela UNISUL (2008) e possui extensão em Direito do Entretenimento pela UERJ (2011).

Tabajara Ruas

Escritor e cineasta, dirigiu 5 longas premiados: ”Netto Perde Sua Alma”, “Brizola Tempos de Luta”, “Netto e o Domador de Cavalos”, ”Os Senhores da Guerra” e “A Cabeça de Gumercindo Saraiva”. Escreveu 12 roteiros de longas, diversos curtas, adaptou “O Tempo e o Vento” para filme e minissérie e foi consultor de “A Casa das Sete Mulheres”. Tem 11 romances publicados no Brasil e traduzidos em dez países, além de ensaios, crônicas e infantis. Eleito um dos maiores romancistas do RS pela Editora da UFRGS, recebeu três vezes o Prêmio Açorianos de Literatura, e entre outros, o Prêmio Erico Verissimo, a Medalha do Mérito Farroupilha, o título de cidadão de Porto Alegre, a Medalha da Vitória do Ministério da Defesa e foi condecorado com a ordem do Mérito Judiciário do Trabalho. Em 2020, foi agraciado com o Troféu Escritor do Ano do Prêmio Academia Rio-Grandense de Letras.

 

img2img2
patrocinadores