line-toplineline-bottom

Juri – Curtas-metragens brasileiros

Marco Antônio Pereira

Marco Antônio Pereira é realizador de filmes reconhecidos no Brasil e no Mundo. Seu primeiro curta “A retirada para um coração bruto” foi exibido em dezenas de festivais de cinema e ganhou vários prêmios, dentre eles o de melhor curta do Júri Popular em Tiradentes (2018) e três Kikitos em Gramado (2018). Seu segundo filme “Alma Bandida” foi exibido na sessão oficial de curtas do Festival de Cinema de Berlim (2018),também foi finalista do prêmio ABC de cinematografia 2018 e do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Seu terceiro filme “Teoria sobre um planeta estranho” circulou dezenas de festivais, ganhou prêmios incluindo dois Kikitos em Gramado (2019) e entrou para  lista dos dez melhores curtas de 2019, em votação da Abraccine. “4 Bilhões de Infinitos”, seu quarto curta, ganhou o prêmio Canal Brasil de Curtas na mostra de Tiradentes em 2021.

Janaína Refém

Janaina Oliveira Re.Fem. é Cineasta, Mestranda PPCulT/UFF, Coordenadora de Formação Audiovisual no Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul e nos Encontros de Cinema Negro Zózimo Bulbul Brasil, África, Caribe e outras Diásporas.  Diretora da JOR Produções e Analista de Mercado Audiovisual na Raio.Agency.  Em sua filmografia estão os curtas-documentários “Rap de Saia”; “Mães do Hip Hop”; “Vírus Africano” e premiado “Joãosinho da Goméa – O Rei do Candomblé” de Janaina Oliveira ReFem e Rodrigo Dutra, indicado como melhor filme no 48ª Festival de Cinema de Gramado 2020 e recebeu os Prêmio de Melhor Filme no Arquivo em Cartaz – Festival Internacional de Arquivo 2020 e 3 Margens Festival Latino-Americano de Cinema 2020 e Menções Honrosas  27º Festival de Cinema de Vitória, Festival Curta o Curta e 14ª Visões Periféricas e entre outros.

Ulisses Arthur

Ulisses Arthur é um diretor e roteirista alagoano formado em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB),Realizou os curta-metragens: “CorpoStyleDanceMachine” (2017),“As melhores Noites de Veroni” (2017),“Ilhas de Calor” (2019),“Essa Festa é a Minha Vida” (2020) ambos selecionados e premiados em diversos festivais e “Encanto Desencanto Encanto” (2020) filmado durante a pandemia através do Programa Convida do Instituto Moreira Salles. Atualmente dedica-se ao projeto de seu primeiro longa-metragem intitulado “Não Estamos Sonhando”, selecionado para o BrLab 2019 onde ganhou o prêmio Vitrine Filmes e Incubadora Paradiso.

Valéria Verba

É formada em Design de Interiores e já cursou História. Há 30 anos trabalha com produção teatral e desde 2003 com audiovisual. Cursou Direção de Arte, na Escola São Paulo e estudou na Escola O_barco/SP. Desde então atua como diretora de Arte no cinema e na TV e como produtora e cenógrafa no teatro. Recebeu o Prêmio Açoriano de Melhor Produção para teatro adulto com “Queridíssimo Canalha”, melhor direção de arte pelo curta “Três Vezes por Semana” no Festival Nacional de Cinema da Diversidade Sexual-Somos10 e por “Lindauma história horrível” na Mostra Gaúcha no 42º Festival de Gramado. Atuou como Diretora de Arte nos longas “Ainda Temos a Imensidão da Noite”, “Ponto Zero”, “Raia 4”, e nos curtas “Tomou café e Esperou” e “Sob Águas Claras e Inocentes”, exibidos e premiados em diversos festivais. É membra do BRADA, Coletivo de Diretoras de Arte do Brasil

Elisa Volpatto

Tem formação em Artes Cênicas (UFRGS) e estudou Method Acting no “The Lee Strasberg Theater and Film Institut”, em Nova York. Acumula longa trajetória no audiovisual. Em 2010 recebeu o Kikito de Melhor Atriz pelo curta “Um Animal Menor”, de Marcos Contreras e Pedro Harres, e o prêmio APCA de Atriz Revelação do Ano pela série “Mulher de Fases”, da HBO. Em São Paulo já atuou nas peças “Depressões” e “Bruxas”, ambas sob a direção de Juliana Galdino e o solo “PULSO”. Já teve participação em diversas séries como “Lili, a Ex” (GNT),“Latitudes” (TNT) , “Prata da Casa” (FOX) e Vítimas Digitais (GNT). Na Globo, participou das séries “Doce de Mãe” e “Assédio”. Em 2020  lançou a série “Bom dia, Verônica” (Netflix) e produziu e atuou no curta “E se Fossem Crianças”. Integra o elenco da segunda temporada de “Aruanas” (Globoplay).

 

img2img2
patrocinadores