MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

Hub Universidades reúne produção audiovisual em exibição e debates

O Hub Universidades é um espaço dedicado ao público universitário – estudantes, professores, pesquisadores. As atividades começam sábado e vão até o dia 20 de agosto no Hotel Serrazul, com o apoio do Tecna – Centro Tecnológico Audiovisual do RS.

No sábado, às 9h, no Hotel Serrazul, será realizado o Fórum dos Professores Universitários e, em seguida, uma audiência pública sobre o audiovisual no Rio Grande do Sul. Domingo, às 10h, o Hub Universitário programou um fórum de discussão entre universitários e produtores, no ambiente do Gramado Film Market.

“O Hub Universidades é um espaço importante pois ele agrega o público universitário que frequenta o Festival. As universidades têm um papel fundamental no espaço global do audiovisual por representar um eixo de desenvolvimento que observa o mercado, forma recursos humanos, atua na pesquisa e, consequentemente, impulsiona novos contornos para a indústria”, diz a coordenadora do Tecna, Aletéia Selonk.

A programação inclui o II Forcine Sul, dia 19 de agosto, às 9h. Com a parceria do Forcine – Fórum Brasileiro de Ensino de Cinema e Audiovisual -, o evento consiste na realização de um encontro entre as escolas do ensino superior em cinema e audiovisual dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná com o objetivo de estimular o diálogo entre as escolas para fortalecer as ações conjuntas das instituições.

O tema deste ano é “Interações a partir das Diferenças”, no ensejo do XV Congresso do Forcine que ocorrerá em Florianópolis/SC, na UFSC, no mês de setembro. A programação do encontro regional contempla um debate que estará centrado em duas pautas: as possibilidades de intercâmbio entre as escolas e a relação entre formação e mercado na região sul.

“Com o tema “Interações a partir das Diferenças”, entendemos que cada escola de cinema e audiovisual está inserida em seu contexto e, portanto, tem seu próprio perfil. Ao mesmo tempo, no período contemporâneo, a cultura colaborativa está no centro das práticas da criatividade e do audiovisual estimulando as trocas e as complementaridades entre perfis. Reunir professores e estudantes das escolas de cinema e audiovisual do Sul do Brasil é dar espaço para o encontro, dar voz aos envolvidos e, sem dúvida alguma, contribuir para que ocorram novos intercâmbios entre as universidades e também entre elas e o mercado regional”, destaca Aletéia.

“O Gramado Film Market prepara a sua programação especialmente dedicada aos profissionais e agentes do setor. Mas o espaço de mercado do Festival está sempre de portas abertas ao público universitário, sejam estudantes, professores ou pesquisadores, pois capacitar e profissionalizar é um dos principais objetivos do GFM”, complementa a coordenadora do Tecna.

Nos dias 19 e 20, às 14h, o HUB Universidades programou a Mostra de Filmes Brasileiros e Latinos, que será realizada no Teatro Elisabeth Rosenfeld, com entrada franca.