MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

Festival estreia no Canal Brasil com o início das mostras competitivas

Foram meses de preparação para colocar o Festival de Cinema de Gramado “no ar”, mas a noite de estreia no Canal Brasil correspondeu a todas as expectativas. Com exibição de excelente qualidade de imagem e som, o público acompanhou na grande tela, mas desta vez da TV de casa. E quem tem acesso à programação ao vivo do Canal Brasil pela internet, também assistiu do notebook, do tablet, do celular e, o mais surpreendente e novo, de qualquer lugar. O formato multiplataforma inédito rompeu os limites físicos da sala de cinema e foi ao encontro do espectador. “Reunimos todos os esforços para realizar o Festival sob qualquer hipótese. Foi emocionante acompanhar o esforço sendo materializado e tem nos alegrado imensamente receber o retorno positivo tanto dos realizadores quanto da audiência que tem nos acompanhado pelas redes sociais”, avalia Rafael Carniel, presidente da Gramadotur, autarquia municipal  responsável pela realização do Festival de Cinema de Gramado.

A exibição da mostra competitiva iniciou com o curta “4 Bilhões de Infinitos”, do cineasta mineiro Marco Antônio Pereira. O curta é o quarto de um conjunto de cinco produções que se passam em Cordisburgo, terra natal de Marco, cidade que fica no início do norte de Minas Gerais.  Depois foi a vez de “Receita de Caranguejo”, de Issis Valenzuela, que retrata a relação de mãe e filha que decidem passar alguns dias na praia após a morte do pai e resolvem cozinhar caranguejos.

O primeiro longa exibido foi “Por que você não chora?”, da cineasta Cibele Amaral. A história aborda temas rodeados de tabu como saúde mental e ideação suicida. E o longa argentino “El silencio del cazador”, de Martín Desalvo, encerrou  a noite com a história de um guarda florestal, um caçador e uma médica rural cujas rivalidades do passado voltam à tona, mas questões ambientais e sociais também permeiam o roteiro.

 

 

Ministério do Turismo, Secretaria de Estado da Cultura e Stella Artois apresentam o 48º Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio: Stella Artois. Copatrocínio: Vero, a maquininha do Banrisul. Apoio Especial: Companhia Riograndense de Saneamento – CORSAN. Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Novas Façanhas. Apoio: Adylnet/Connect City, Laghetto Hotéis, The End, Miolo Wine Group, Stemac Grupos Geradores, Cristais de Gramado, Caracol, Planalto Chocolates e Tecna. Exibidor Oficial: Canal Brasil. Agência Oficial: Vento Sul Turismo. Apoio institucional: Museu do Festival de Cinema de Gramado, SIAV RS, ACCIRS, IECINE, APTC/ABD-RS, Fundacine, Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Ancine. Agente cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento: Pró-Cultura/RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, Pátria Amada Brasil.