MINISTERIO DO TURISMO E CLARO APRESENTAM:

Diretor de “Turma da Mônica – Laços” explica a seleção dos atores

Atração da mostra Cinema nos Bairros nesta quinta-feira, com sessão às 14h, no Projeto Sapeca, no CRAS Várzea Grande, o longa “Turma da Mônica – Laços” foi um desafio para o diretor Daniel Rezende. Ele precisou convencer o criador dos personagens Mauricio de Sousa a fazer com que, enfim, seus desenhos ganhassem corpo e interpretação de atores mirins.

“Demorou muito tempo para o Mauricio fazer o filme. Ele tinha certo receio de não encontrar as crianças certas. Mas eis que o estúdio faz 60 anos agora e a gente consegue fazer e lançar o Turma da Mônica – Laços este ano”, contou Rezende.

A seleção dos intérpretes foi criteriosa e mobilizou muitos testes, explicou o diretor que teve uma agenda movimentada em Gramado.

“Para a escolha do elenco, para chegar à Giulia (Mônica), ao Kevin (Cebolinha), à Laura (Magali) e ao Gabriel (Cascão), levamos mais ou menos uns oito, nove meses. Começamos a seleção num site que teve 7.500 inscritos. Fizemos uns dois mil testes presenciais em vários estados do país, até chegarmos aos quatro.”

A seleção final foi acompanhada por Mauricio de Sousa e a filha Mônica, inspiradora da personagem.

“Foi muito legal porque quando o Mauricio de Sousa, que aprovou todos os processos, viu os quatro, o olhinho dele brilhou. Então foi lindo ver falando: ‘ah, quando eu criei o Cascão, tinha exatamente essa imagem na cabeça’. Quando apresentamos a Giulia à Mônica de verdade, à filha do Mauricio, ela começou a chorar na hora porque se viu representada ali na tela. Então chegamos à conclusão que, se o olho do criador está brilhando, é porque a gente está no caminho certo”.

O filme também teve exibição pela manhã, às 9h, em outra sessão do Cinema nos Bairros na EMEF Senador Salgado Filho, em Gramado.

Ministério da Cidadania, Secretaria de Estado da Cultura, Stone Pagamentos e Gramado Parks apresentam o 47º Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio: Stella Artois, Snowland, BRDE, Fundo Setorial do Audiovisual e Ancine – Agência Nacional do Cinema. Copatrocínio: Banrisul, o grande banco do sul. Apoio especial: Campari,TCL, Casa Aveiro. Apoio: Café 3 Corações, G2 Net Sul, Le Joli, Laghetto Hotéis, Lugano, Canal Brasil, Naymar Cia Rio, Miolo Wine Group, Stemac Grupos Geradores, Tecna PUC, Cristais de Gramado. Transporte oficial: KIA. Transportadora aérea ofical: Gol. Agência Oficial: Brocker Turismo. Apoio institucional: Museu do Festival de Cinema de Gramado, SIAV RS, ACCIRS, IECINE, APTC/ABD-RS, Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine. Agente cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento: Pró-Cultura/RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Governo Federal, Pátria Amada Brasil