Festival de Gramado repudia a violência e defende convívio democrático
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

ALBERTO MOURA é graduado em Design pela PUC-Rio, Alberto Moura é produtor de conteúdos em Cinematic VR e Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Mídias Criativas – ECO/UFRJ, realizando estudos com foco em Cinematic VR. Fez sua carreira como consultor e professor em Motion Design, Efeitos Visuais e Editor de Filmes, sendo também especialista em Pós-Produção em vídeos 360.

 

BRUNO BASK é diretor de filmes em animação, e está há mais de 14 anos na animação em computação gráfica.  Atua como diretor na Mono Animation e tem gosto por desenvolver estórias e moldá-las em narrativas audiovisuais.  Formado em publicidade e propaganda pela Cásper Líbero e Filmmaking pela AIC (Academia Internacional de Cinema), Bruno tem vasta experiência na direção de filmes publicitários e institucionais, ficções (curtas, longa e série), utilizando diferentes técnicas e devices para contar as mais diversas estórias: estereoscopia 3-D, realidade virtual 360, realidade aumentada, holografia, mapping, animação live, games são algumas das técnicas já utilizadas. Recentemente co-criou as séries “GlitterModel”, exibida no canal Disney Channel, e “Mundo Ripilica – As Aventuras de Lilica, a Coala”, exibida no canal Discovery Kids, atualmente dirige a série “O Diário de Pilar”, uma coprodução com o canal NatGeo Kids.

 

CAO QUINTAS – Produtor e sócio da Latina Estudio, em 2019 Cao Quintas lança 3 filmes onde assina como produtor: Turma da Mônica – Laços (estreou em junho), de Daniel Resende ; Jorginho Guinle, Só Se Vive Uma Vez (estreou em março), docudrama de Otávio Escobar com Guilhermina Guinle e Letícia Spiller; e Adoniran, Meu Nome É João Rubinato (estreia em setembro), de Pedro Serrano, documentário de abertura do Festival É Tudo Verdade, que faz parte do projeto Transmídia Adoniran Barbosa. Ainda em sua trajetória, foi produtor ou coprodutor de longas-metragens como Tony Manero, de Pablo Larraín (Melhor Filme em Havana, Turin, Cartagena e Guadalajara); Garcia, de Chepe Rugeles (melhor filme Colômbia 100% em Cartagena; melhor atriz em Gramado); Esteros, de Papu Curotto (International Center Piece no Outfest em Los Angeles, Prêmio Especial do Júri para Direção e Melhor Filme do Público em Gramado) e dos curtas-metragens Quando Parei de Me Preocupar com Canalhas, de Thiago Vieira (Melhor Filme no Curta Brasília, Melhor Roteiro e Melhor Ator em Gramado) e Dá Licença de Contar, de Pedro Serrano (Melhor Filme Estrangeiro em Bilbao/ Espanha, Prêmio de Crítica e Prêmio Canal Brasil em Gramado), este também parte do projeto Transmídia Adoniran Barbosa. Formado em Marketing, possui Pós-Graduação no EAVE (European Audiovisual Entrepreneurs) em Luxemburgo e atualmente cursa Mestrado em Comunicação e Tecnologia na ESPM, São Paulo, sendo membro do Conselho Consultivo e professor do Curso de Graduação em Audiovisual da mesma instituição.

 

CHRISTIAN DE CASTRO é produtor e diretor financeiro, começou a carreira em 1998, quando fundou, junto com seu irmão, o cineasta Erik De Castro, a BSB Cinema Produções. A produtora realizou os documentários “Senta a pua!” (1999), dirigido por Erik, “A cobra fumou” (2002), de Vinícius Reis, e “A era dos campeões” (2005), dirigido por Marcos Bernstein e Cesário Mello Franco. Antes disso, atuou em diversas áreas do mercado financeiro, com passagens pelo Unibanco e pelo Banco Garantia. Desde 2005, desenvolve serviços de consultoria relacionados à estruturação financeira de projetos, empresas e bancos para o setor audiovisual. Em 2006, foi um dos criadores do RB CINEMA I Funcine, o primeiro fundo de investimentos privado do cinema brasileiro, que investiu recursos em filmes como “O ano em que meus pais saíram de férias” (2006), de Cao Hamburger, “O maior amor do mundo” (2006), de Carlos Diegues, “Os desafinados” (2008), de Walter Lima Jr., entre outros. Em janeiro de 2007, tornou-se diretor financeiro da Vereda Filmes, distribuidora de filmes brasileiros voltada para o mercado internacional. No final de 2007, foi convidado para ser o consultor administrativo e financeiro da distribuidora Lumière; em 2008, atuou como assessor da diretoria da Agência Nacional do Cinema – ANCINE –  especializado em assuntos financeiros e comerciais relacionados à atividade audiovisual. Em 2016, assumiu o cargo de CEO do grupo AfroReagge. Finalmente em 2018, Christian foi nomeado diretor-presidente da Agência Nacional do Cinema – ANCINE -, com mandato até 2021.

 

INÊS MACIEL é produtora de conteúdos em Narrativas Interativas e Cinematic VR (vídeos 360º), professora e pesquisadora, desenvolve pesquisa de Pós-Doutorado “Mapeamento de Ecossistemas XR no Brasil”, na Universidade Federal de São Carlos, no Departamento de Comunicação e Artes. Ela é Ph.D. em Ciências na COPPE-UFRJ, Mestre em Engenharia de Produção (COPPE – UFRJ) e Pesquisadora Associada no Mestrado Profissional em Mídias Criativas – ECO/UFRJ onde desenvolve pesquisas sobre Narrativas interativas, Conteúdos XR e vídeo em 360o desde 2017.

 

LIDIA DAMATTO – Formada em Cinema pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), Lidia Damatto também estou roteiro e entretenimento na University of California Los Angeles (UCLA), além de ter participado dos programas de formação de profissionais da indústria cinematográfica, Locarno Industry Academy e Berlinale Talents.  Trabalhou por diversos anos com coordenação e curadoria de festivais de cinema, tendo passado pela Mostra de São Paulo, Ambulante Documentary Film Festival California e Hollywood Brazilian Film Festival. Também trabalhou com desenvolvimento na produtora americana Ambush Entertainment. Desde 2015 atua como agente de vendas internacional na empresa americana FiGa Films. 

 

MAURICIO BORTOLOTI – Formado em Direito com MBA em Gestão de Negócios, sou  funcionário de carreira do Banco do Brasil S.A., cedido à ANCINE desde setembro/2008,  ocupando desde então a função de Coordenador de Prestação de Contas. Desde 2011 venho realizando ações de Capacitação para o Mercado Audiovisual por todo o Brasil, no que diz respeito à execução de projetos audiovisuais por meio de recursos públicos e a sua consequente prestação de contas.

 

MAURICIO KINOSHITA – Produtor e Gerente de Projetos Audiovisuais, foi coordenador das atividades de Realidade Virtual (VR) do Sesc-SP e Mostra Internacional de Cinema. É formado em Cinema pela FAAP, especialista em Gestão Cultural pela Universidade de Buenos Aires e conclui, atualmente, MBA em Gerenciamento de Projetos. Trabalhou na produção de filmes de Hector Babenco, Anna Muylaert, Tizuka Yamasaki e tem passagens pelo teatro, mercado editorial e televisão.

 

NELSON BOTEGA é sócio-fundador da Rede Snack de canais, ao lado de Vitor Knijnik. A rede é uma MPN – Multi-Plataform Network do Brasil que cria, produz e desenvolve audiência de canais originais e projetos customizados para marcas. Em 5 anos de existência, a Snack possui 7 bilhões de views com mais de 90 milhões de inscritos, produzindo em média 200 vídeos por mês. Na área de branded content, a rede já foi responsável por projetos para o Youtube para grandes marcas como P&G, Loreal, Unilever, Samsung, Diageo, entre outras, e hoje possui o maior canal de marcas do brasil, Mundo da menina, da Pampili, com 2,8M de inscritos. Formado pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), Nelsinho Botega atuou no Grupo Newcomm de 2008 a 2013 como diretor de criação na Y&R e VML, antiga Energy, depois de passar pelas agências digitais Euro RSCG e Garage Interactive Marketing. Além de contabilizar inúmeros cases de sucesso e premiações importantes, como Leão de Ouro em Cannes e Ouro no Festival El Ojo, desenvolveu cases para marcas como Colgate, Vivo, e LG. Seu portfólio traz ainda trabalhos para clientes como Nokia, Toyota, Jeep, Goodyear, Reckitt Benckiser, Samsung, Intel, Danone, Skol, TAM Airlines e MSN.

 

OTÁVIO SOARES, Diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira das Over-The-Top´s (ABOTT´s) Formado em Processamento de Dados e pós-graduado em Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade Católica de Brasília, possui MBA em Sistemas da Informação pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pós-graduação em Política Estratégia pela Escola Superior de Guerra (ESG). Empresário, com atuação no mercado governo, atua em consultoria e representação comercial, assim como investidor no segmento audiovisual e em startups. Co-Fundador e Diretor de Serviços para Associados e Governo da Associação Brasileira das Over-The-Top´s (ABOTT´s).

 

RAMIRO AZEVEDO – Formado em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, pela UFRGS, teve seu primeiro contato com a área do audiovisual no Estúdio de Vídeo da FABICO. Em 2005, entrou no mercado de produção independente para cinema e televisão nas funções de produtor e assistente de direção. A partir de 2006 também passou a atuar em diversos eventos ligados à difusão cultural – mostras no Brasil e no exterior, 8ª Bienal do Mercosul e lançamento de filmes. Participou do Cine Esquema Novo 2006 – Festival de Cinema de Porto Alegre, como assistente de curadoria e, em 2009, passou a ser sócio organizador do evento. Fez parte da diretoria da APTC/ABD-RS no biênio 2009/2011. Em 2012, assumiu a Coordenação de Licenciamento da Box Brazil – programadora de TV por assinatura com sede em Porto Alegre. Hoje atua como Diretor Geral dos canais Prime Box Brazil, Travel Box Brazil e Fashion TV, sendo responsável pela estratégia de programação e promoção dos canais, avaliação e contratação de projetos de produção e aquisição de conteúdos.

 

RANZ RANZENBERGER, tem mais de 25 anos de experiência em computação gráfica e vfx, foi responsável por consultorias e treinamentos para as principais produtoras no país como instrutor e especialista em efeitos visuais e CG. Atuou na empresa canadense Discreet Logic, atual Autodesk, como Demo Artist, como Training Specialist. Diretor da AZIMUT Escola de Animação e Computação Gráfica. Pesquisador na Escola de Comunicação (ECO/UFRJ), com foco em narrativas interativas e filmes 360 (Cinematic VR). Atua profissionalmente na direção de filmes imersivos 360 e em Vancouver (Canadá) como agente responsável em orientação de novos estudantes para Vanarts (Vancouver Institute of Media Arts) e Vancouver Film School (VFS).

 

RUI OKUSAKO iniciou na animação no começo dos anos 2000. Publicitário por formação, fundou a Mono Animation em 2006 juntos com Bruno Bask e Eduardo Nakamura. Atua como Head de Produção em projetos de animação para variados meios e mídias.  Executou dezenas de projetos publicitários com uso de técnicas e tecnologias diversas e de Conteúdo como as séries de TV “Glitter Model”(Disney Channel- NBC/Universal), “Mundo Ripilica”(Discovery Kids) e Diário de Pilar (Fox/NatGeo Kids) atualmente em produção.

VITOR KNIJNIK – Co-fundador da agência Dez Propaganda. Foi vice-presidência de criação na Fischer América Rio. Lançou no Grupo Newcomm, a Dez Brasil, agência que deu origem à Energy que depois viria a se transformar na VML. Já conquistou prêmios nos principais festivais nacionais e internacionais de publicidade. Vencedor em 2010 do prêmio The Bobs da Deutsche Welle destinado ao melhor blog humorístico do mundo.  Tem experiência também como roteirista de cinema: ganhou o prêmio de melhor roteiro no 18º Festival de Gramado pelo curta A Coisa Mais Importante da Vida e foi argumentista do longa Amanhã Nunca Mais de Tadeu Jungle Em 2013 lançou a Snack, uma rede brasileira de canais de social vídeo. Rede responsável por canais como o OK!OK!, Amigo Gringo, Vendi Meu Sofá, Nosso Canal, Ilha de Barbados entre outros. Hoje a maior Rede de Social vídeo independente da América Latina.