Festival de Cinema de Gramado

Currículos

 

Adam Till

Começou sua vida profissional como advogado, mas logo começou a atuar como roteirista. Rapidamente obteve sucesso e reconhecimento na área com filmes de curta-metragem, a citar “Leo”, o qual concorreu em vários festivais (incluindo o TIFF – Toronto International Film Festival) e ganhou o “Grand Prix” no Little Big Films Competition. Adam também ganhou o prêmio de Melhor Roteirista para Filmes no “Prêmio Canadense de Comédia para Escrita de Filme” em 2006 com o mesmo filme “Leo”. Adam então mudou-se para a televisão, onde trabalhou com Atom Egoyan para adaptar seu filme “The Adjuster” para o formato de série televisiva. Os créditos de TV de Adam Till incluem “Billable Hours”, série criada com Fabrizio Filippo, ator reconhecido por sua atuação em diferentes séries no país, e que foi ao ar pelo canal “Showcase” por três temporadas. Adam atuou como produtor co-executivo da série e escreveu a maioria dos episódios. “Billable Hours” ganhou o prêmio “Gemini” como Melhor Roteiro para Série de Comédia em 2009. Adam ainda escreveu o roteiro do filme “Tarde Demais para Dizer Adeus”, em 2010, o qual foi baseado em uma novela de Ann Rule e foi estrelado por Rob Lowe e Lauren Holly. Recentemente Adam esteve envolvido na pós-produção de “Perfect Sisters”, um longa-metragem dirigido por Stan Brooks estrelado pelas atrizes Mira Sorvino e Abigail Breslin, o qual foi filmado em 2001. Atualmente, Adam está desenvolvendo uma nova série para a “Canwest Global Communications Corporation” chamada Last Resort, através de sua empresa de produção chamada Shiny Happy Pictures, além de ser o Coordenador do Curso “Escrevendo para Cinema e TV” na Toronto Film School.

 

Alexandre Cunha

Alexandre Cunha dos Santos tem 45 anos, é jornalista – com MBA em Gestão Empresarial – e escritor de contos. Iniciou sua carreira na Globosat em 1991, passando por diversos setores da empresa e canais como GNT e Universal Channel. Atualmente, é responsável pelas áreas de Programação, Aquisição de Conteúdo e Logística do Canal Brasil. Atuou como membro da comissão de seleção de filmes em diversos Festivais de Cinema pelo país, como Gramado e Brasília. Em 2004, foi premiado no Concurso Contos do Rio, promovido pelo Jornal O Globo, pela Academia Brasileira de Letras e pela Editora Bom Texto, onde teve seu primeiro trabalho literário publicado. Na Internet, criou e administra o blog Tipo Escrito (www.tipoescrito.blogspot.com).

 

Amber Fares
C:\Users\antonil\AppData\Local\Microsoft\Windows\Temporary Internet Files\Content.Outlook\BR8P66VS\_MG_5107.jpg

Amber Fares é uma premiada cineasta e diretora de documentários. A estreia da longa-metragem The Speed Sisters (Irmãs de Velocidade) aconteceu no Hot Docs (maior festival de documentários da América do Norte) em 2015, onde ficou no top 20 nos Prêmios de Audiência. Speed Sisters foi exibido em mais de 100 festivais de cinema em todo o mundo, incluindo Sheffield, Melbourne, CPH: Dox e Doc NYC e ganhou inúmeros prêmios. O trabalho de Amber foi apresentado na CNN, Al Jazeera, ALLURE e The Front. A abordagem da narrativa continuamente crescente de Amber é impulsionada pela crença de que as histórias pessoais podem ajudar a melhor conectar o público a temas e questões importantes. Ela trabalhou com organizações como ACLU (União Americana pelas Liberdades Civis), UNICEF, UNRWA (Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Próximo Oriente), Defence for Children International e Anistia Internacional. Amber é produtora associada na temporada 4 de Transparent (Amazônia). Ela participou do programa Laboratório de Edição e História  do Instituto, em 2014, como bolsista, e deu uma palestra no TedXWomenBarcelona 2013.
 

Carol Nguyen
C:\Users\antonil\AppData\Local\Microsoft\Windows\Temporary Internet Files\Content.Outlook\BR8P66VS\Headshot2017_1.3.png
Carol Nguyen tem 19 anos e é uma premiada cineasta jovem que vive em Toronto. Ela dirigiu mais de 8 curtas durante o ensino médio e na faculdade (que ainda está cursando). Carol teve seus filmes exibidos em mais de 60 festivais em todo o mundo e ganhou inúmeros prêmios. Ela venceu três vezes o prêmio TIFF Jumpcuts (prêmio destinado aos jovens cineastas,) e duas vezes o Grande Prêmio da Escola Secundária no Festival de Filmes de Heartland. Seus filmes exploram os assuntos de identidade cultural, família e morte, tópicos que definem fortemente sua compreensão do mundo. No verão de 2017, ela foi nomeada uma das embaixadoras da TIFF (Festival Internacional de Toronto) pela campanha Share Her Journey, uma campanha que aborda a igualdade de gênero e a representação no setor cinematográfico, onde ela se esforçará para empoderar as mulheres através de suas próprias histórias e experiências pessoais na indústria cinematográfica. Atualmente, Carol mantém a paixão pelo cinema no segundo ano na Universidade Concordia em Montreal, no Québec.

 

Cacá Diegues
 

Iniciou sua carreira cinematográfica nos anos 60, sendo um dos fundadores do movimento Cinema. Sua vasta lista de filmes foi lançada comercialmente em quase todos os países, tendo participado e arrecadado diversos prêmios nos mais importantes festivais internacionais de cinema, incluindo Cannes, Veneza, Berlim, dentre outros.

 

Débora Ivanov

C:\Users\15111041\Desktop\debora ivanov.jpg

É advogada e diretora-presidente em exercício da ANCINE - Agência Nacional de Cinema. Sua trajetória inclui a realização de mais de 60 obras audiovisuais - entre curtas, médias e longas-metragens, telefilmes e séries para televisão - projetos que participaram dos mais importantes festivais nacionais e internacionais, acumulando mais de 200 prêmios e conquistando as maiores bilheterias do cinema nacional nos anos de 2012 e 2014. Foi Diretora Executiva do Sindicato da Indústria do Audiovisual do Estado de São Paulo - SIAESP, filiado à FIESP, por 20 anos e titular do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual.

 

Eva Piwowarski

Curadora do 45º Festival de Cinema de Gramado. Assessora audiovisual da Universidade Nacional de Jujuy, coordenadora de projetos da Fundação Gerardo Vallejo e ex-coordenadora do Programa Polos Audiovisuais da TV Digital Argentina, foi responsável por promover a produção televisiva federal junto ao sistema universitário nacional argentino. Foi uma das diretoras do Programa Mercosul Audiovisual da União Européia e criadora da Reunião Especializada de Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do Mercosul (RECAM).

 

Laura Fazoli

C:\Users\15111041\Desktop\débora fazoli.jpg

Desde 2014 Laura faz parte da equipe de pesquisa de criadores da Tv Globo, buscando autores e diretores de audiovisual no mercado para possibilidades dentro da casa. Formada em Administração e Jornalismo, iniciou a carreira no audiovisual em Mostras de Cinema como Coordenadora de Exibição em 2004, desde então foi produtora e produtora executiva de cinema e Tv, além de larga experiência como distribuidora e Sales Agent de conteúdo nacional e internacional. Criou e coordenou o curso de produção Executiva e Mercado da Academia Internacional de Cinema.

 

Lucy Barreto

É o elo principal que une e reúne uma família – os Barretos – que no Brasil vem desempenhando nos últimos 55 anos um papel de liderança na indústria cinematográfica deste país. Em 1962 fundou com seu marido, Luiz Carlos Barreto, a empresa Produções Cinematográficas LC Barreto Ltda que desde então até os dias de hoje, produziu e co-produziu mais de 85 filmes.

 

Luiz Carlos Barreto

Foi jornalista, repórter e fotógrafo da revista "O Cruzeiro" nos anos 50 até 1963. Em 1961, como co-roteirista e co-produtor do filme “O Assalto ao Trem Pagador”, dirigido por Roberto Farias, finalmente encontrou sua verdadeira paixão: o cinema.  Alcançou enorme sucesso, tanto no Brasil como no exterior, e é um dos homens-chave do chamado Cinema Novo.

 

Luiz Noronha

Luiz Corrêa Noronha, Diretor de Planejamento do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE, desde 2015 vem promovendo a ampliação das linhas de crédito, projetos e programas de fomento ao desenvolvimento econômico com ênfase na política de responsabilidade socioambiental. Engenheiro civil e sanitarista, esteve por oito anos à frente da Superintendência de Apoio ao Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos da Agência Nacional de Águas – ANA, em Brasília. Como consultor do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) especializou-se na elaboração de projetos e na sua institucionalização. Anteriormente foi funcionário do DMAE, em Porto Alegre, e trabalhou em secretarias do Estado do Rio Grande do Sul, entre elas a de Coordenação e Planejamento, bem como no Badesul, na Corsan e na CEEE.

 

Michael Baser

Antes de chegar à VFS, Michael teve uma carreira bem sucedida na televisão e no cinema norte-americanos por mais de 35 anos. Trabalhou como roteirista, produtor e produtor executivo em clássicos icônicos, como The Jeffersons, Three's Company, Full House, Good Times, One Day at a Time, Maude, A Year At The Top, Carter Country, 9 to 5, What's Happening, Melba, We Got It Made, Campus Cops, Rhythm & Blues, Smart Guy e So Little Time, bem como outras tantas produções-piloto para ABC, NBC, CBS e Fox. Animado e motivado com perspectiva de compartilhar suas experiências com estudantes da VFS, Michael vê sua posição como uma extensão natural de sua carreira e uma oportunidade para retribuir tudo que conquistou. Ele espera inspirar e auxiliar a próxima geração de roteiristas de sucesso. Michel também chefe do Curso de “Escrita de Roteiros para Filmes e Televisão” na Vancouver Film School.

 

Monica Aguirre

Monica Aguirre lidera a implementação dos planos estratégicos internacionais de recrutamento de estudantes e da estratégia internacional dentro das regiões específicas da Toronto Film School e da Universidade de Yorkville. Monica tem mais de 10 anos de experiência em marketing, recrutamento e desenvolvimento de negócios no campo da educação. Aguirre é Bacharel em Artes pela Universidade de Toronto e possui um Certificado de Língua Portuguesa do George Brown College. Monica também estudou Filologia e Línguas (Alemã) na Universidade Nacional da Colômbia e participou de diferentes programas de intercâmbio nos Estados Unidos e na Alemanha. Monica fala Espanhol e Inglês fluentemente e tem conhecimento avançado de Alemão e Português. Monica Aguirre também é Diretora de Recrutamento de Estudantes Internacionais na Toronto Film School.

 

Patricia Emidio

Está à frente da Vancouver Film School no Brasil desde a sua em 2013, tem ajudado a triplicar o número de estudantes brasileiros que se candidataram aos programas da instituição desde 2013. Ela traz 18 anos de experiência internacional com Instituições Educacionais, Universidades, Agências de Viagens / Intercâmbios, Câmaras de Comércio, Indústria / Associações Internacionais, Embaixadas, Consulados, Instituições Financeiras e Empresas Multinacionais, desde indústrias pesadas até educação, desde gestão de turismo até desenvolvimento comercial, tendo trabalhado para a Agência de Crédito à Exportação do Canadá em São Paulo, nas instalações do Consulado do Canadá. Na Vancouver Film School ela orienta os alunos (e seus pais) a seguirem uma carreira no segmento de artes e entretenimento, o que, de acordo com ela, "faz as pessoas felizes com seu trabalho". Ela também é responsável por eventos de recrutamento, contatos com universidades, escolas de ensino médio e outros parceiros para ajudar a promover e comercializar a VFS em todo o Brasil, coordenando ações de mídia, implementação e organização de eventos.

 

Patrícia Goulart

C:\Users\15111041\Downloads\FullSizeRender.jpg

É advogada com expertise em Direitos Autorais com foco na área audiovisual e Direito do Entretenimento. Atua na área há 17 anos, prestando assessoria e consultoria para diversas entidades públicas e privadas, produtoras audiovisuais e culturais, realizadores e autores. Foi Secretária de Estado de Comunicação e Inclusão digital Adjunta do RS (2011-2013), foi Conselheira Curadora da TVE RS (2011-2013). Atuou em mais de 30 Obras Audiovisuais entre longas metragens e séries para TV como assessora jurídica, já tendo realizado produção executiva de forma concomitante em 2 longas metragens. Prestou consultoria em matéria de Direitos Autorais, Negócios da Indústria Criativa e Audiovisual para o TECNA– PUCRS. É assessora jurídica de diversos projetos audiovisuais em desenvolvimento e em produção, da criação artística de grandes espetáculos como o 32º Natal Luz de Gramado - RS, 24º Festival Internacional de Artes Cênicas Porto Alegre em Cena e 45º Festival de Cinema de Gramado - RS.

 

Paulo Mendonça

C:\Users\15111041\Downloads\CANAL BRASIL-5275.jpeg

Administrador de Empresas com especialização em Tecnologia da Informação e longa experiência no mercado financeiro e de capitais. Foi chefe do Departamento de Sistemas da BVRJ - Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, Diretor de Informática da BBF - Bolsa Brasileira de Futuros, Diretor de Operações do Banco BRJ e consultor da BM&F - Bolsa de Mercadorias de Futuros e da Bovespa - Bolsa de Valores de São Paulo. Superintendente Geral da ANDIMA.  Atuou no Chile, como consultor na implantação da DCV- Depósito Central de Valores. Foi também Superintendente Geral da CETIP - Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos. Compositor, dramaturgo e roteirista, foi por duas vezes membro do Conselho Superior de Cinema do Ministério da Cultura, Membro do Conselho de Administração da Fundação padre Anchieta (TV Cultura) e Membro do Comitê Gestor do FSA - Fundo Setorial do Audiovisual da ANCINE - Agência Nacional de Cinema. Dirige desde fevereiro de 2004, o Canal Brasil S/A, canal de televisão por assinatura, constituído através de uma associação entre a Globosat e um grupo dos principais cineastas brasileiros, do qual faz parte.  O Canal Brasil é distribuído pelas principais operadoras do país.

 

Ranz Ranzenberger

Formado em processamento de dados e pós-graduado em computação gráfica, fez diversos cursos nos EUA e Canadá, trabalha no mercado 3D e Efeitos Especiais há mais de 20 anos. Já realizou consultoria e treinamentos para as principais empresas de televisão e produtoras. Foi supervisor do curta de animação 3D “O Saci” (TAL Produções), premiado pelo Ministério da Cultura na década de 90, e esteve a frente de projetos com auxílio da Finep e Sebrae visando o desenvolvimento de games. Trabalhou na empresa Canadense Discreet (atual Autodesk m&e) como Engenheiro de Aplicação, coordenando o mercado Brasileiro na área de Media & Entertainment. Também atuou como Demo Artist pela mesma empresa, apresentando os lançamentos do 3ds Max e como Training Specialist, único no Brasil, fazendo parte do seleto grupo de especialistas mundiais em treinamentos para Discreet/ Autodesk, com significativa capacidade técnica e didática. Participou da organização de workshops e oficinas de animação 3D em edições do Festival de Animação Anima-Mundi, no RJ e SP, e apresentações em edições da Siggraph (EUA), no Stand da Autodesk / Discreet. Em 2005 foi premiado pela revista Digital Designer na categoria “Personalidade do Ano em Computação Gráfica”. Em 2006 foi professor e responsável pelos módulos práticos em laboratório do Curso de Especialização MBA – UERJ/AZIMUT, sendo também homenageado pela prefeitura de Teresópolis no Animaserra, Festival Nacional de Cinema de Animação. Em 2012, no NAB, em Las Vegas e no Broadcast & Cable, promovido pela SET em São Paulo, fez a divulgação de Efeitos visuais com Autodesk Smoke. Dirigiu a Azimut Escola de Animação em Computação Gráfica por mais de 20 anos com cursos de longa duração em Efeitos, Videografismo, Personagens 3D e Ambientes Virtuais. Palestrante em edições do Autodesk University Brasil com temas de VFX e Cenografia Virtual. Atualmente mora em Vancouver e é agente responsável em orientação de novos estudantes para o VanArts, uma das 10 melhores faculdades da área no mundo, e também é Diretor da Azimut Escola de Animação e Computação Gráfica e Representante do VanArts para o Brasil.
 

Raphaëlle Lapierre-Houssian

Depois de uma graduação em Direito e um Mestrado em Relações Internacionais, Raphaëlle começou a trabalhar no Governo Canadense, no Ministério de “Global Affairs”, em 2008, focando em questões relacionadas à política comercial. Como Diretora Sênior de Política Comercial, teve a oportunidade de trabalhar em vários aspectos das negociações comerciais bilaterais e plurilaterais do Canadá (investimento, compras governamentais, serviços), bem como importantes questões de política comercial e litígios relacionados ao tema. No seu atual cargo de Vice-Cônsul, atuando nas áreas de Educação e Indústrias Culturais, no Consulado Geral do Canadá no Rio de Janeiro, Raphaëlle se concentra na promoção do Canadá como destino de estudos e no desenvolvimento de vínculos institucionais entre instituições de ensino canadenses e brasileiras. Também trabalha ativamente para encontrar novas formas de conectar as empresas canadenses e brasileiras no setor de Indústrias e contribuir para a construção de novas parcerias. Raphaëlle Lapierre-Houssian é Vice-Cônsul e Gerente de Desenvolvimento de Negócios – Indústrias Criativas do Consulado Geral do Canadá, no Rio de Janeiro.
 

Ricardo Laganaro

Formado pela ECA-USP, ESPM e NYFA, é um dos diretores mais inovadores do mercado brasileiro. Seu conhecimento multifacetado mistura a direção de cena tradicional, animação, computação gráfica e novos formatos. Sua vocação para a descoberta de novas formas de contar histórias ganhou destaque em 2014, quando foi chamado para conceber o filme imersivo do domo de entrada do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Desde então, dirigiu projetos em 360º e realidade virtual, como o videoclipe “O Farol” da cantora Ivete Sangalo (mais visto no mundo neste formato em 2016), uma série documental para os 20 anos do SPFW, além de peças publicitárias para clientes como MasterCard, Google e “O Boticário” entre outros, que totalizam mais de 60 milhões de visualizações. Está na O2 desde 2009, onde encabeçou o departamento de 3d, participando de projetos especiais da casa como Vips, Xingu, 360, Zoom, e a série “As Brasileiras”, entre outros. Como diretor, além da publicidade, atuou como responsável pelos conteúdos de “Outras Telas” na série “Felizes Para Sempre?”, com direção de Fernando Meirelles para a Rede Globo, além de ter dirigido a abertura da série “Que Monstro Te Mordeu?”, exibida pela TV Cultura, com direção geral de Cao Hamburger. Sua experiência em narrativa imersiva fez com que fosse convidado para palestrar no SXSW em 2016 e 2017 e eventos como a Comic Con Experience, Wired Festival Brasil, Mediamorfosis, Immersed Festival (Toronto), além de ser professor convidado no Laboratório de Design e Experiências Imersivas na Universidade Belas Artes. Foi um dos dez diretores em ascenção do mundo, escolhidos pela Oculus para o projeto “VR For Good”, onde dirigiu o curta documental imersivo “Step to The Line”, filmado dentro prisões de segurança máxima nos EUA. O filme teve sua premiere na seleção oficial do Festival de Tribeca de 2017 e vem ganhando grande repercussão, citado pela revista Time como um dos melhores conteúdos do mundo em realidade virtual mobile, além de ter sido compartilhado na página pessoal do criador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg.
 

Rodrigo Assaf

Graduado e Mestre em Ciências da Computação pela UFSCar tendo experiência como professor universitário de computação gráfica no Mackenzie supervisionando e orientando trabalho de graduação de diversos alunos de publicidade e design. Possui experiência na área de Games, Animação 3D, Motion Graphics e Broadcast atuando como 3D Artist da TV bandeirantes por 3 anos. Atualmente é especialista técnico e responsável pela área de Mídia e Entretenimento da Autodesk na América Latina realizando demonstrações de soluções e tecnologias 3D em diversas empresas de computação gráfica. 

Festival Partners