“Pacarrete” leva oito Kikitos e arrebata o 47º Festival de Cinema de Gramado
VEJA TODAS AS NOTÍCIAS

Coletiva de imprensa lança 47º Festival de Cinema de Gramado

Longas latinos e brasileiros selecionados, homenageados e a lista de curtas gaúchos foram anunciados no evento.

Diversidade de produções, mescla de filmes autorais com títulos de maior apelo comercial, resistência em meio a uma conjuntura adversa, fôlego e investimentos superiores à edição passada marcam o 47º Festival de Cinema de Gramado, que se realizará de 16 a 24 de agosto, cuja coletiva de lançamento aconteceu nesta terça-feira pela manhã, na Cinemateca Capitólio, em Porto Alegre. O encontro reuniu mais de cem pessoas e contou com a presença de autoridades como o Secretário de Cultura de Porto Alegre, Luciano Alabarse, do prefeito de Gramado, João Alfredo de Castilhos Bertolucci e da Secretária de Estado da Cultura, Beatriz Araújo. 

O presidente da Gramadotur, Edson Néspolo, destacou que, diante da agonizante situação dos festivais de cinema do país, Gramado demonstrou fôlego contabilizando mais de 1.100 inscrições. “Onde esses filmes teriam espaço e poderiam ser exibidos? Gramado é uma ilha”, disse, referindo-se ao fôlego, alcance e representatividade do festival diante a conjuntura nacional, que classificou como adversa. 

Néspolo ressaltou também ações muito especiais do Festival de Gramado, como a sessão de cinema inclusivo, que reunirá de 300 a 400 cegos e surdos no primeiro sábado do festival, e o Educavídeo, que movimenta estudantes da rede municipal de ensino de Gramado. “O festival tem que ser vanguarda na acessibilidade. E o Educavídeo é o nosso berçário de cinema”, acrescentou Néspolo, afirmando que, nesta edição, o Festival de Gramado teve um investimento 5% superior à edição de 2018.

O Gramado Film Market, que chega à terceira edição, também foi apontado como uma frente inovadora do festival pelo presidente da Gramadotur. “O mundo do cinema se encontrará outra vez em Gramado para falar de mercado. Vamos viver intensamente este festival”, disse Edson Néspolo, lamentando ainda a morte dos curadores Eva Piwowarski e Rubens Ewald Filho, mas ressaltando que a linha curatorial pensada pelos dois e o jornalista Marcos Santuario foi mantida: “De 80 a 90% dos filmes selecionados já tinham sido pensados por eles e seguimos essa proposta, levando esta seleção até o fim”.  

O prefeito de Gramado João Alfredo de Castilhos Bertolucci festejou o anúncio de mais uma edição: “Nosso festival sempre foi valente. Para fazer 47 anos é preciso mais do que competência e dedicação, precisa devoção”, disse Fedoca (como é conhecido), convidando o público para esta edição: “Subam a Gramado e fiquem lá”. 

Ao apresentar os homenageados e os longas brasileiros e latinos selecionados, o curador Marcos Santuario destacou que Gramado segue cumprindo e reafirmando sua vocação: “Tudo o que estamos fazendo é no sentido de conhecermos o que está sendo produzido no Brasil e no exterior. Estes são filmes representativos do que melhor está sendo produzido no momento. Apostamos na diversidade, com filmes não só autorais e nem só de mercado. Está cada vez mais difícil selecionar filmes pela qualidade da nossa produção. Por isso, buscamos um diálogo entre crítica e público”, disse Santuario, reafirmando a importância do Festival de Gramado “pelo espaço que já conquistou no Brasil e no mercado internacional”.

Ao anunciar a seleção de curtas gaúchos para a 47ª edição do festival, o jornalista Vicente Romano, que fez parte a comissão de seleção dessa categoria, aludiu à diversidade de linguagens temas e gêneros selecionados, sintetizou a ideia que perpassou as declarações da coletiva: “Gramado é um bazar de vivências encantadoras”.

No encontro, ainda foram anunciados os homenageados desta edição ao lado de Mauricio de Sousa que já havia sido anunciado e receberá o Troféu Cidade de Gramado. Completam o time de homenagens o ator, diretor, roteirista e escritor Lázaro Ramos com o Troféu Oscarito, o ator argentino Leonardo Sbaraglia com o Kikito de Cristal e a cineasta Carla Camurati que recebe o Troféu Eduardo Abelin.

 

 

Ministério da Cidadania, Secretaria de Estado da Cultura e Gramado Parks apresentam o 47º Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio: Stella Artois. Copatrocínio: Banrisul. Apoio especial: TCL. Apoio: Stemac Grupos Geradores, Lugano, Cristais de Gramado, G2 Net Sul, Café 3 Corações, Le Jolie, Laghetto Hoteis, Canal Brasil, Tecna Puc;. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC/ABD RS, SIAV e Museu do Festival de Cinema de Gramado. Transportadora Aerea Oficial: Gol; Agência Oficial: Brocker Turismo. Transporte Oficial: Kia. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul; BRDE, Fundo Setorial do Audiovisual e Ancine – Agencia Nacional do Cinema. Realização: Gramadotur, Ministério da Cidadania, Governo Federal, Pátria Amada Brasil.

 

Assessoria de Imprensa: 

Pauta – Conexão e Conteúdo | (51) 3333-5756 | www.pautaassessoria.com.br
Vera Carneiro | vera@pautaassessoria.com.br
Daiane Evangelista | daiane@pautaassessoria.com.br
Carlinhos Santos | carlinhos@pautaassessoria.com.br
Luis Henrique Cunha | luis@pautaassessoria.com.br